VARA ÚNICA DE MACAUBAL

ModalidadeOnline
Local do leilão
1º Leilão
AberturaFechamentoLance Inicial
07/10/19 14:0010/10/19 14:00Vide rel. de lotes

PARTE DE 1,38% DE IMÓVEL- UNIÃO PTA

  • PARTE DE 1,38% DE IMÓVEL- UNIÃO PTA
StatusAGUARDE
Maior Lance-
Usuário-
Avaliação1.380,00
Lance mínimo1.380,00
Incremento50,00
Visitas84
Área de lances

PARTE IDEAL DE 1,38% DO IMÓVEL DESCRITO COMO: Um lote de terreno na cidade de União Paulista, distrito e município de mesmo nome, comarca de Monte Aprazível, Estado de São Paulo, situado com frente para as Ruas Nossa Senhora do Livramento e Ricieri Papile, de forma irregular, medindo dois mil setecentos e dez (2,710,00) metros quadrados, contendo um prédio residencial de tijolos, coberto de telhas, com 69,25 metros quadrados de área construída, sob o número 463, dentro das seguintes medidas e confrontações: começa na rua Nossa Senhora do Livramento, na divida do terreno de propriedade de José Luiz Camilo e sua mulher e segue confrontando com a referida rua na distância de vinte e um metros e cinquenta centímetros (21,50); daí vira a esquerda e segue vinte metros (20); daí vira a direita e segue dez (10) metros, confrontando nessas metragens com terreno de propriedade de José Luiz Camilo e sua mulher; daí vir a esquerda e segue na distância de vinte (20) metros; daí vira a direita e segue na distância de trinta e quatro (34) metros, confrontando-se nessas duas metragens com terreno da Prefeitura Municipal de União Paulista; daí vira a esquerda e segue na distância de vinte (20) metros, confrontando-se com terreno de propriedade de José Luiz Camilo e sua mulher; daí vira a esquerda e segue na distância de setenta e quatro (74) metros, confrontando com João Siveti e Adelaide Martins Flores e outros; daí vira a esquerda e segue confrontando com a Rua Ricieri Pupile na distância de oito metros e cinquenta centímetros; daí vira a direita e segue na distância de vinte (20) metros, até alcançar a Rua Nossa Senhora do Livramento, ponto de partida, confrontando nessas duas metragens, com terrenos de propriedade de José Luiz Camilo e Sua mulher. Cadastrado na municipalidade sob o nº 215 e 523, objeto da matrícula 13.353 do Cartório de Registro de Imóveis da Comarca de Monte Aprazível-SP”.

 

Obs.: Em decorrência da existência de Usufruto Vitalício em R-02 da Matrícula, estando os beneficiários vivos, a venda será feita sobre a NUA PROPRIEDADE do imóvel.

 

Obs.: Consta na matrícula: Usufruto Vitalício em benefício de José Luiz Camilo e S/M Rita Rodrigues Camilo e Penhoras em Av-10 e Av-11.

 

 

Avaliação da Parte Ideal: R$ 1.380,00 (hum mil e trezentos e oitenta reais).

O ato observará o disposto no Provimento CSM nº 1625/2009, salvo condições aqui expressas. A comissão devida ao gestor será de 5% (cinco por cento) sobre o valor da arrematação, não se incluindo no valor do lanço (art. 17 do Prov. CSM n. 1625/2009), sendo será paga diretamente ao gestor. O auto de arrematação será assinado por este juiz somente após a comprovação efetiva do pagamento integral do valor da arrematação e da comissão, dispensadas as demais assinaturas referidas no art. 880, §2º do NCPC (art. 20 do Prov. CSM n. 1625/2009).Após o encerramento do leilão o arrematante receberá instruções para os pagamentos. Para a hipótese de não ser efetuado o depósito da oferta, o gestor comunicará imediatamente o fato ao Juízo, informando também os lanços imediatamente anteriores para que sejam submetidos à apreciação do Juízo, sem prejuízo da aplicação da sanção prevista no art. 897 do NCPC. Em caso de não pagamento, aplicar-se-á o disposto no artigo 21 do Provimento.Correrão por conta exclusiva do arrematante as despesas gerais relativas à desmontagem, transporte e transferência patrimonial dos bens arrematados (artigo 24 do Provimento). O interessado em adquirir o bem penhorado em prestações poderá apresentar: (i) até o início da primeira etapa, proposta por valor não inferior ao da avaliação; (ii) até o início da segunda etapa, proposta por valor não seja inferior a 60% do valor da avaliação ou 80% do valor da avaliação (caso se trate de imóvel de incapaz), atualizado pela Tabela Pratica do TJSP. Em 2ª praça o lance mínimo é de60%da avaliação, devidamente atualizada pela Tabela Pratica do TJSP. O arrematante arcará com os débitos pendentes que recaiam sobre o bem, exceto os decorrentes de débitos fiscais e tributários, conforme artigo 130, parágrafo único, do Código Tributário Nacional. Os Leilões serão conduzidos pelo(s) Leiloeiro(s) Sr.Raphael Cavalli Yarid, JUCESP nº 760; O arrematante deverá efetuar os pagamentos do valor do bem arrematado e 5% sobre o valor a título de comissão do leiloeiro, no prazo de 24 horas após o encerramento da praça por meio de guia de depósito judicial e depósito bancário em favor do leiloeiro. A comissão  devida não está inclusa no valor do lance. Na hipótese de adjudicação dos bens pelo exequente, este ficará responsável pelo pagamento da comissão devida ao Leiloeiro de 5%. Se o(s) executado(s), após a publicação do Edital, pagar a dívida ou celebrar acordo antes de adjudicado ou alienado o bem, deverão apresentar até a data e hora designadas para o leilão, a guia comprobatória do referido pagamento, acompanhada de petição fazendo menção expressa quanto à remição da execução ou celebração do acordo. Neste caso, ficará(ão) este (s) obrigado(s) a pagar 2% sobre o valor da avaliação, a titulo de ressarcimento das despesas do leiloeiro. A publicação deste Edital supre eventual insucesso nas notificações pessoais dos executados e dos respectivos patronos. Esclarecimentos: pessoalmente perante este Juízo ou com o leiloeiro, (11) 4216-4336, e-mail:[email protected]E, para que chegue ao conhecimento de todos e no futuro ninguém possa alegar ignorância, expediu-se o presente edital que será publicado e afixado na forma de lei.

Indisponível

Indisponível
Últimos lances superados
LoginValorDataTipo
Este lote ainda não teve lances superados
Relação de lances por usuário
LoginIPTotal de lancesMaior lance
Este lote ainda não recebeu lances